Discuta as notícias e acompanhe os campeonatos do bom e velho futebol
  • 1
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 16

 Aero
  •  2978 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Abedi Pelé escreveu: Cruzeiro 14 derrotas

    Galo 15
    Goiás 15
    Fortaleza 15
    Flu 16
    Ceará 18
    Botafogo 20

    Deve ser a primeira vez que os empates afundam um time mais que as derrotas :lol:
    Nada, Corinthians 2007 empatou pra cacete com o Carpegiani tbm

    edit:
    14º Sport 15 derrotas (9 empates)
    15º Náutico 17 (7)
    16º Goiás 19 (6)
    17º Corinthians 14 (14)
    18º Juventude 19 (8)
    19º Paraná 19 (8)
    20º América-RN 29 (5)

     Farofas
  •  178589 posts
  •  

    Avatar do usuário

    :emocao:
    Editado pela última vez por Farofas em 24/06/2021, 19:35, em um total de 1 vez.

     Abedi Pelé
  •  5407 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Aero escreveu:
    Abedi Pelé escreveu: Cruzeiro 14 derrotas

    Galo 15
    Goiás 15
    Fortaleza 15
    Flu 16
    Ceará 18
    Botafogo 20

    Deve ser a primeira vez que os empates afundam um time mais que as derrotas :lol:
    Nada, Corinthians 2007 empatou pra cacete com o Carpegiani tbm

    edit:
    14º Sport 15 derrotas (9 empates)
    15º Náutico 17 (7)
    16º Goiás 19 (6)
    17º Corinthians 14 (14)
    18º Juventude 19 (8)
    19º Paraná 19 (8)
    20º América-RN 29 (5)
    Achei o Vitória de 2014 também, que perdeu 14 mas empatou 15 :lol:

     ¬¬'
  •  2066 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Como se o Corinthians não perde-se ao natural. :lol:

     Farofas
  •  178589 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Apitei! Árbitro conta que 'atendeu' Eurico, deu pênalti e 'pagou' dívida

    Imagem

    A fala mansa não chega a remeter ao lado mais extrovertido. Um longo bate-papo, porém, mostra que Luiz Carlos Gonçalves, o Cabelada, tem muita história para contar. O ex-árbitro de futebol, hoje com 66 anos, ainda guarda gás para levar a vida repleta de brincadeiras. Há 14 anos morando em Búzios, no Rio de Janeiro, costuma percorrer cerca de 170 quilômetros para escapar para Vila Isabel quando dá. Lá, encontra amigos, frequenta botequins e não dispensa a cerveja bem gelada. É assim, e tem sido desde a época em que ainda apitava jogos. Passados 20 anos da aposentadoria, ele recorda histórias que ficaram guardadas na memória no período em que chegou a participar de mais de 400 partidas, a maioria no Campeonato Carioca. Como bom boêmio, também mostra sua maneira de conduzir situações no mundo do futebol antes mesmo de a bola rolar.

    Foi o caso de um Vasco x Cruzeiro em 1994 (relembre no vídeo ao lado). Em 22 de maio, a partida terminou empatada por 0 a 0, e a história é no mínimo inusitada.



    - Fui apitar o jogo, entrega das faixas, e cruzei com o Eurico (Miranda, ex-presidente do Vasco). Era um jogo de festa. Ele falou: “Vai marcar um pênalti?” Eu respondi: “Fica tranquilo.” Começou a partida, e logo marquei pênalti. Derrubaram o William. O Yan bateu para um lado, e o goleiro (Dida) caiu e defendeu. O Eurico estava no banco de reservas, fui lá e falei assim: “Meu diretor, não lhe devo mais nada.” Finalizei, e o jogo acabou 0 a 0. Temos um relacionamento muito bom - disse o ex-árbitro.

    Com a mesma convicção com que bate no peito para dizer que é vascaíno, Cabelada garante que houve o pênalti de fato no lance. A versão do “Jornal do Brasil” sobre o amistoso foi um pouco diferente. Na matéria do dia 23 de maio de 1994, o texto diz: “O juiz Luiz Carlos Gonçalves, o barrigudo Cabelada, fez questão de marcar uma falta inexistente de Zelão em William, logo aos 2 minutos”.

    Em alguns papéis amarelados e desgastados com o tempo, Cabelada guarda a anotação dos jogos que apitou. Vai lendo cada linha e lembra das mais variadas histórias. Não acha o registro desta partida em que o resultado de 0 a 0 não valeu ponto para nenhuma competição: era o amistoso da entrega das faixas após o título do Campeonato Carioca de 1994 conquistado pelo seu time de coração. Mas a relação com o Vasco e com o ex-presidente do clube nem sempre foi tão amistosa.

    - Teve um Vasco x Olaria numa quarta-feira à noite. Tinha show do Roberto Carlos no Canecão. Falei para a minha esposa que ia para o jogo e, quando voltasse, ia parar para tomar um chope e depois ligaria para ela. O jogo foi 1 a 1. O Vasco perdeu muito gol, com o Mauricinho e o próprio Roberto Dinamite. Ele (Eurico Miranda) correu para o vestiário, invadiu e falou: “Você não apita mais jogo do Vasco. Que vascaíno é você que só f... a gente, só prejudica a gente?” Aí acabou o jogo, acabou o show, e falei com a minha mulher: “Vamos jantar”. Eu ia no Leblon, no Plataforma, mas disse: “Não vamos, que ali é reduto do Vasco. Quando o time joga, a diretoria vai lá jantar”. Aí tinha inaugurado um restaurante novo, e eu fui. Quando entrei, na primeira mesa estava o Eurico e todo mundo do Vasco. Entrei e cumprimentei. Ele me olhou com aquela cara, aí fui sentar. Fiquei lá com meu chope, e, quando fui pagar a conta, ele já tinha pago. Ele era estourado, mas uma pessoa boa - defende.

     Farofas
  •  178589 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Outro momento marcante do clássico q pouca gente lembra: Heber Roberto Lopes xingando Marcelinho Carioca (53:30)

     Farofas
  •  178589 posts
  •  

    Avatar do usuário

    kd os vascainos e cruzeirenses do fórão?

     ai caramba
  •  28008 posts
  •  

    Avatar do usuário

    :gamado: :gamado: :gamado: :gamado: :gamado:
    • 1
    • 9
    • 10
    • 11
    • 12
    • 13
    • 16

    MENSAGENS RECENTES

    Esse é o que querem https://www.youtube.[…]

    Pelo que o Giuliano disse ele vai ficar no […]

    Demorou 5 dias para a encomenda chegar no estad[…]

    aham, sarcasmo sim :lolsuper: :lolsuper:



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012