Discuta as notícias e acompanhe os campeonatos do bom e velho futebol
  • 1
  • 101
  • 102
  • 103
  • 104
  • 105

Você aprova tal comportamento?

A favor. Se meu time tiver chance, também vou querer tirar vantagem
4
36%
Sou contra contra times pequenos, mas a favor contra times grandes
Não há votos registrados
0%
Totalmente contra. Isso é coisa de verme e não de torcedor
7
64%

 Farofas
  •  175644 posts
  •  

    Avatar do usuário

    foi o que eu disse ontem

    ñ tem 1 torcedor em condições de rebater a imagem q mostra o jogador do Palmeiras passando a bola no lance do suposto impedimento

    só vi até agr argumentos imbecis nível "e o PT? E o Lula? E o Corinthians? E o Flamengo?"

     Salieri
  •  29529 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Farofas escreveu: foi o que eu disse ontem

    ñ tem 1 torcedor em condições de rebater a imagem q mostra o jogador do Palmeiras passando a bola no lance do suposto impedimento

    só vi até agr argumentos imbecis nível "e o PT? E o Lula? E o Corinthians? E o Flamengo?"
    Esse lance é polêmico, beleza, agora tu vir aqui falar que é o maior roubo da história é só pra jogar bait mesmo. VAR foi certíssimo nos penaltis.

    O clubismo de alguns tá cegando, ou é só trollação mesmo, tipo o outro cara ali falando que foram 90 minutos de assalto.

     Turin
  •  19934 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Farofas escreveu: O curioso é que a mídia palestrina ( PVC, Gian Oddi, Antero, Mauro Beting, Veloso, Facincani, etc..) não deram 1 pio sobre essa jogada aqui

    será q todos eles foram ao banheiro no momento do lance?

    Brabo esse lance aí hein.

    Por esse ângulo, não tem como ter certeza quem deu o último toque.

    O bandeirinha chegou a marcar impedimento? Se não tem um ângulo melhor, o certo seria manter a decisão de campo

     Farofas
  •  175644 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Salieri escreveu: Esse lance é polêmico, beleza, agora tu vir aqui falar que é o maior roubo da história é só pra jogar bait mesmo.
    em momento algum eu postei "o maior roubo da história"

    apenas compartilhei o post do Milton Neves

     Farofas
  •  175644 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Turin escreveu:
    Farofas escreveu: O curioso é que a mídia palestrina ( PVC, Gian Oddi, Antero, Mauro Beting, Veloso, Facincani, etc..) não deram 1 pio sobre essa jogada aqui

    será q todos eles foram ao banheiro no momento do lance?

    Brabo esse lance aí hein.

    Por esse ângulo, não tem como ter certeza quem deu o último toque.

    O bandeirinha chegou a marcar impedimento? Se não tem um ângulo melhor, o certo seria manter a decisão de campo
    o bandeira não marcou impedimento e nenhum jogador do Palmeiras ergueu o braço pedindo impedimento

    só a turma do VAR conseguiu ver isso como passe

     ribs
  •  20410 posts
  •  

    Avatar do usuário

    os caras insistem na fábula de que o jogador tocou deliberadamente no 3º gol

    desisto
    Mucamo  isso

     Salieri
  •  29529 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Farofas escreveu:
    Turin escreveu:
    Farofas escreveu: O curioso é que a mídia palestrina ( PVC, Gian Oddi, Antero, Mauro Beting, Veloso, Facincani, etc..) não deram 1 pio sobre essa jogada aqui

    será q todos eles foram ao banheiro no momento do lance?

    Brabo esse lance aí hein.

    Por esse ângulo, não tem como ter certeza quem deu o último toque.

    O bandeirinha chegou a marcar impedimento? Se não tem um ângulo melhor, o certo seria manter a decisão de campo
    o bandeira não marcou impedimento e nenhum jogador do Palmeiras ergueu o braço pedindo impedimento

    só a turma do VAR conseguiu ver isso como passe
    Quer dizer que se ninguém ver ou se o time oposto não reclamar, tá valendo tomar gol impedido? O pessoal do VAR não está lá justamente pra isso: pra conferir todo lance que pode gerar dúvida?
    Farofas escreveu:
    Salieri escreveu: Esse lance é polêmico, beleza, agora tu vir aqui falar que é o maior roubo da história é só pra jogar bait mesmo.
    em momento algum eu postei "o maior roubo da história"

    apenas compartilhei o post do Milton Neves
    Você tinha colocado no título do tópico ontem.

     Turin
  •  19934 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Salieri escreveu:
    Farofas escreveu:
    Turin escreveu:
    Farofas escreveu: O curioso é que a mídia palestrina ( PVC, Gian Oddi, Antero, Mauro Beting, Veloso, Facincani, etc..) não deram 1 pio sobre essa jogada aqui

    será q todos eles foram ao banheiro no momento do lance?

    Brabo esse lance aí hein.

    Por esse ângulo, não tem como ter certeza quem deu o último toque.

    O bandeirinha chegou a marcar impedimento? Se não tem um ângulo melhor, o certo seria manter a decisão de campo
    o bandeira não marcou impedimento e nenhum jogador do Palmeiras ergueu o braço pedindo impedimento

    só a turma do VAR conseguiu ver isso como passe
    Quer dizer que se ninguém ver ou se o time oposto não reclamar, tá valendo tomar gol impedido? O pessoal do VAR não está lá justamente pra isso: pra conferir todo lance que pode gerar dúvida?
    Na verdade não. Tá bem claro nas regras do VAR que a função dele é para corrigir erros claros e manifestos. "Lance que pode gerar dúvida" é exatamente no que o VAR não deveria interferir.

    Pelo que to entendendo, o VAR criou a dúvida aí :lol:

     Salieri
  •  29529 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Turin escreveu:
    Salieri escreveu: Quer dizer que se ninguém ver ou se o time oposto não reclamar, tá valendo tomar gol impedido? O pessoal do VAR não está lá justamente pra isso: pra conferir todo lance que pode gerar dúvida?
    Na verdade não. Tá bem claro nas regras do VAR que a função dele é para corrigir erros claros e manifestos. "Lance que pode gerar dúvida" é exatamente no que o VAR não deveria interferir.

    Pelo que to entendendo, o VAR criou a dúvida aí :lol:
    Mas não vale pra lance de penalti, por exemplo? Já vi de ter alguma coisa polemica na area, uma trombada ou algo assim e o juiz continuar o jogo enquanto o VAR é checado. Não seria o mesmo caso para um lance onde saiu um gol?

     Turin
  •  19934 posts
  •  

    Avatar do usuário

    ribs escreveu: os caras insistem na fábula de que o jogador tocou deliberadamente no 3º gol

    desisto
    Bah, com toda a certeza o jogador do palmeiras tocou deliberadamente na bola :lolsuper:
    Ele literalmente fez o movimento de desarme, deliberadamente portanto, lançando a bola em outra direção.

    Mas, eu entendi o que tu quis dizer. Só que acho que tu tá entendendo errado a regra.

    Vamos, pois, ver a regra 11, direto da fonte (https://conteudo.cbf.com.br/cdn/202008/ ... 13_835.pdf):

    Um jogador em posição de impedimento que receber a bola jogada deliberadamente por um adversário, inclusive de uma mão deliberada, não deve ser punido, pois não se considera que ganhou vantagem, a menos que tenha sido uma defesa deliberada, praticada por um adversário.
    Uma “defesa deliberada” se caracteriza quando um jogador deliberadamente joga ou tenta jogar a bola que vai em direção ou que está muito próxima de sua meta, com qualquer parte do corpo, exceto com as mãos, a menos que seja o goleiro em sua própria área de pênalti.


    Observe que a regra explica bem qual é a exceção. Isto é, quando a "defesa deliberada" não é um novo início de jogada e, portanto, é punível com impedimento.
    E é requisito que a bola esteja indo em direção ao gol, ou esteja muito próximo da meta. O que não era o caso.


    Pra esclarecer, a regra traz dois conceitos de ação do zagueiro: "jogada deliberada" e "defesa deliberada". Defesa deliberada é o que ta definido ali, hipótese na qual não me parece se enquadrar a ação do zagueiro do Palmeiras. Jogada deliberada seria todo o resto, talvez excetuando meros desvios ou ricochetes.


    Nessa jogada aí, me parece bastante claro que, se o jogador do Palmeiras foi o último a encostar na bola, não tem impedimento. Se desviou no atacante depois de tocar no zagueiro, aí estaria impedido.



    Edit: complementando.
    E MESMO que seja considerado um toque não deliberado, isso seria uma questão puramente interpretativa. O conceito de "deliberado" é por si só subjetivo. Então, das duas, uma:
    - o juiz deveria ser chamado ao vídeo para analisar se, no entendimento dele, foi deliberado ou não.
    - o var não deveria interferir, pois é lance bastante interpretativo.
    Editado pela última vez por Turin em 13/01/2021, 16:10, em um total de 1 vez.

     Turin
  •  19934 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Salieri escreveu:
    Turin escreveu:
    Salieri escreveu: Quer dizer que se ninguém ver ou se o time oposto não reclamar, tá valendo tomar gol impedido? O pessoal do VAR não está lá justamente pra isso: pra conferir todo lance que pode gerar dúvida?
    Na verdade não. Tá bem claro nas regras do VAR que a função dele é para corrigir erros claros e manifestos. "Lance que pode gerar dúvida" é exatamente no que o VAR não deveria interferir.

    Pelo que to entendendo, o VAR criou a dúvida aí :lol:
    Mas não vale pra lance de penalti, por exemplo? Já vi de ter alguma coisa polemica na area, uma trombada ou algo assim e o juiz continuar o jogo enquanto o VAR é checado. Não seria o mesmo caso para um lance onde saiu um gol?
    O VAR checa tudo. Mas entre checar e recomendar modificação, tem uma grande diferença.

     ribs
  •  20410 posts
  •  

    Avatar do usuário

    @Turin por esse raciocínio todo chute com qualquer desvio então não devia caracterizar impedimento, pois é ação de defesa, e é consenso que esses desvios não anulam a posição irregular

    e tem um ângulo com a câmera no nível do campo que mostra mt claramente o chute do cara do cara do river e apenas o desvio do zagueiro

    não importa para onde essa bola vai no desvio, o jogador em posição irregular nao5 pode ser beneficiado

    quase todo mundo falando de acertos e meia dúzia tentando achar pelo em ovo, para, pra variar, tentar diminuir o time, classificação ou campeonato

     Turin
  •  19934 posts
  •  

    Avatar do usuário

    ribs escreveu: @Turin por esse raciocínio todo chute com qualquer desvio então não devia caracterizar impedimento, pois é ação de defesa, e é consenso que esses desvios não anulam a posição irregular

    e tem um ângulo com a câmera no nível do campo que mostra mt claramente o chute do cara do cara do river e apenas o desvio do zagueiro

    não importa para onde essa bola vai no desvio, o jogador em posição irregular nao5 pode ser beneficiado

    quase todo mundo falando de acertos e meia dúzia tentando achar pelo em ovo, para, pra variar, tentar diminuir o time, classificação ou campeonato
    wat. Eu acabei de explicar e mostrar na regra porque esses desvios não são impedimento.
    Mas, no caso, não foi desvio.

    Eu só to em dúvida se estamos falando do mesmo lance, pq não é possível falar em simples "desvio" ali :lol:
    Tu tá se referindo ao lance que o atacante do river tá conduzindo a bola, o zagueiro do palmeiras dá o bote e a bola sobra pro atacante do river que tá voltando de posição de impedimento, né? Lance no vídeo abaixo


    De qualquer forma, eu vi e revi o lance aqui. E tá, claríssimo pela posição e momento em que as linhas do var são colocadas, que os juízes do VAR consideraram que o último toque é do atacante. Analista de arbitragem que tá falando que não foi impedimento pq o toque não foi deliberado tá falando bobagem, isso nem entrou no mérito na avaliação dos juízes.

    É só olhar o vídeo:



    Já tá no momento exato do toque do zagueiro. A imagem avança alguns frames e é parada de novo, quando aí sim os juízes consideram que houve toque no atacante.
    Por esse ponto, a decisão foi correta. Mas não tem absolutamente nada a ver com se a ação do zagueiro foi deliberada ou não.

    A grande questão é se teve o toque no atacante ou não.

     Narva Triin
  •  1911 posts
  •  

    o engraçado e ver gente como o Mauro Cesar Pereira falando que o VAR deveria ter um parâmetro sobre até quando você deve "voltar a fita". ontem na live pós jogo ele até desceu o cacete nos comentaristas de arbitragem que disseram que o var acertou nas decisões de ontem. disse que todos eles são corporativistas e que deveriam levantar essa bandeira

    só que o protocolo do VAR já possui esse parâmetro :lol: :lolsuper: :lol: :lolsuper: :lol:

    qualquer lance de gol PRECISA ser analisado como um todo. ou seja, considerando toda a a jogada (APP)

    Imagem

    asco desse flamenguista de merda
    Mucamo  isso

     Turin
  •  19934 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Narva Triin escreveu: o engraçado e ver gente como o Mauro Cesar Pereira falando que o VAR deveria ter um parâmetro sobre até quando você deve "voltar a fita". ontem na live pós jogo ele até desceu o cacete nos comentaristas de arbitragem que disseram que o var acertou nas decisões de ontem. disse que todos eles são corporativistas e que deveriam levantar essa bandeira

    só que o protocolo do VAR já possui esse parâmetro (e a subjetividade dele serve apenas para delimitar ainda mais a 'cobertura' da analise) :lol: :lolsuper: :lol: :lolsuper: :lol:

    Imagem

    asco desse flamenguista de merda
    Até fui ler a íntegra dessa parte do protocolo.

    Convenhamos que é subjetivo PRA CARALHO. O futebol é cheio de regras subjetivas, mas nessa eles capricharam, pqp

    Pra começar, a regra traz fucking 4 pontos "potenciais' para início da revisão.

    "Existem 4 pontos potenciais para o início da revisão:
    ◊ quando e como a equipe atacante obteve posse da bola da última vez
    ◊ o início de uma jogada de ataque que terminou diretamente em
    incidente de gol / pênalti
    ◊ quando a bola entrou na metade do campo da equipe defensora
    ◊ um período máximo de tempo antes do incidente.
    Em princípio, pode haver uma combinação de alguns dos elementos acima e os experimentos do IFAB usarão o conceito de “posse em fase de ataque” que combina 2 pontos iniciais."


    São 3 páginas detalhando essa merda.

    No fim, pra definir a "fase de ataque", o protocolo basicamente manda um: "te vira aí e usa o bom senso":

    "Fase de ataque
    Definir o ponto ou momento a partir de quando a fase de ataque é armada ou se inicia é subjetivo, mas deverão ser considerados os seguintes elementos:
    ◊ o ponto ou momento a partir de quando a equipe atacante avançou com a bola em direção da área penal dos adversários; se a equipe
    atacante teve um longo período de posse retendo a bola’; o momento em que a linha do meio de campo foi ultrapassada (segurar a bola em
    seu meio campo ou segurar a bola no meio campo do adversário); o ponto onde se inicia uma fase clara de jogadas de avanço / ataque.
    Julgar a posse da bola em fase de ataque requer cooperação entre o árbitro e o VAR e, possivelmente, os ARs (e AARs). Este conceito deve ser definido com mais substância durante a fase educativa, usando imagens e simulações em situações de campo.
    Nesse contexto, o VAR e o árbitro devem adotar uma abordagem tipo “o que o futebol esperaria”, inclusive para com os princípios e seus conhecimentos e experiências distinguirem entre “negar uma oportunidade obvia de marcar gol” e “evitar um ataque promissor”.
    "



    WTF :lolsuper: :lolsuper: :lolsuper:

    Essas regras é praticamente equivalente a não existir uma regra. Por linhas tortas, concordo com o Mauro Cesar Pereira. Tem que ter um parâmetro claro de até quando pode 'voltar a fita'.
    Particularmente, acho que deveriam abandonar essa ideia de fase de ataque e adotar a posse de bola efetiva. Seria muito mais simples.

     Salieri
  •  29529 posts
  •  

    Avatar do usuário

    A regra ser duvidosa ou não é uma coisa, mas o Mauro só falou isso porque não era o Flamengo. Se fosse o time dele, ele estaria chorando que o VAR acertou em tudo e a regra é linda e precisa ser seguida. :lol:
    Turin  isso

     Narva Triin
  •  1911 posts
  •  

    Turin escreveu:
    Narva Triin escreveu: o engraçado e ver gente como o Mauro Cesar Pereira falando que o VAR deveria ter um parâmetro sobre até quando você deve "voltar a fita". ontem na live pós jogo ele até desceu o cacete nos comentaristas de arbitragem que disseram que o var acertou nas decisões de ontem. disse que todos eles são corporativistas e que deveriam levantar essa bandeira

    só que o protocolo do VAR já possui esse parâmetro (e a subjetividade dele serve apenas para delimitar ainda mais a 'cobertura' da analise) :lol: :lolsuper: :lol: :lolsuper: :lol:

    Imagem

    asco desse flamenguista de merda
    Até fui ler a íntegra dessa parte do protocolo.

    Convenhamos que é subjetivo PRA CARALHO. O futebol é cheio de regras subjetivas, mas nessa eles capricharam, pqp

    Pra começar, a regra traz fucking 4 pontos "potenciais' para início da revisão.

    "Existem 4 pontos potenciais para o início da revisão:
    ◊ quando e como a equipe atacante obteve posse da bola da última vez
    ◊ o início de uma jogada de ataque que terminou diretamente em
    incidente de gol / pênalti
    ◊ quando a bola entrou na metade do campo da equipe defensora
    ◊ um período máximo de tempo antes do incidente.
    Em princípio, pode haver uma combinação de alguns dos elementos acima e os experimentos do IFAB usarão o conceito de “posse em fase de ataque” que combina 2 pontos iniciais."


    São 3 páginas detalhando essa merda.

    No fim, pra definir a "fase de ataque", o protocolo basicamente manda um: "te vira aí e usa o bom senso":

    "Fase de ataque
    Definir o ponto ou momento a partir de quando a fase de ataque é armada ou se inicia é subjetivo, mas deverão ser considerados os seguintes elementos:
    ◊ o ponto ou momento a partir de quando a equipe atacante avançou com a bola em direção da área penal dos adversários; se a equipe
    atacante teve um longo período de posse retendo a bola’; o momento em que a linha do meio de campo foi ultrapassada (segurar a bola em
    seu meio campo ou segurar a bola no meio campo do adversário); o ponto onde se inicia uma fase clara de jogadas de avanço / ataque.
    Julgar a posse da bola em fase de ataque requer cooperação entre o árbitro e o VAR e, possivelmente, os ARs (e AARs). Este conceito deve ser definido com mais substância durante a fase educativa, usando imagens e simulações em situações de campo.
    Nesse contexto, o VAR e o árbitro devem adotar uma abordagem tipo “o que o futebol esperaria”, inclusive para com os princípios e seus conhecimentos e experiências distinguirem entre “negar uma oportunidade obvia de marcar gol” e “evitar um ataque promissor”.
    "



    WTF :lolsuper: :lolsuper: :lolsuper:

    Essas regras é praticamente equivalente a não existir uma regra. Por linhas tortas, concordo com o Mauro Cesar Pereira. Tem que ter um parâmetro claro de até quando pode 'voltar a fita'.
    Particularmente, acho que deveriam abandonar essa ideia de fase de ataque e adotar a posse de bola efetiva. Seria muito mais simples.
    eu havia até trocado a imagem para esconder a subjetividade, mas vc foi mais rápido :bigode:

    mas acho que há um limite bastante claro até onde você pode ir para analisar um lance de gol, que é onde começa efetivamente posse. a subjetividade está mais na questão de delimitar ainda mais isso. ou seja, não é como se a subjetividade pudesse tornar a analise infinita. o que o Maurão disse foi mais na linha de que eles caçaram pelo em ovo no lance de ontem (disse que foi um "volta a fita" do VAR até encontrar uma infração, e que é muito poder na mão deles pelo fato de não "existir um limite"), e CLARAMENTE não foi o caso. a jogada que inclui o impedimento foi um ataque fluido

     Narva Triin
  •  1911 posts
  •  

    e acho que o ponto mais importante é: qualquer regra mais clara neste sentido deveria cobrir a analise do impedimento no lance de ontem

     Sudit
  •  48036 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Sobre o lance do impedimento, VAR deve ter considerado que após o palmeirense desarmar o jogador do River, a bola bate em seu calcanhar e desvia a tragetória indo para o meio, e o outro jogador em posição irregular pega a bola.

    O City foi eliminado na Champions anterior por um lance bastante parecido, no que a bola apenas resvala num jogador do time.

    O problema são os critérios do VAR e aquilo que sempre reclamo. O VAR está sendo usado para procurar pelo em ovo, e em outros momentos o VAR fica completamente desligado em lances absurdos.

     Sudit
  •  48036 posts
  •  

    Avatar do usuário

    Uma coisa que achei estranha...

    O juiz não precisa consultar o VAR em caso de impedimento, já que a maquina define a linha, sem precisar de interpretação do arbitro.
    Mas, o lance de ontem saiu numa dividida, o VAR iria definir a linha de impedimento, mas o juiz deveria ser consultado no lance, para analisar se a bola foi do jogador do River ou foi um desarme. E isso cabe o juiz interpretar, não o VAR.

    Mas é aquilo, o VAR que ontem ficou 5 minutos para definir o impedimento e mais 5 minutos para anular o penalti, é o "mesmo" VAR que em apenas 10 segundos mandou seguir o lance do penalti no Marinho semana passada, sem sequer chamar o arbitro para consultar o video.
    Essa falta de criterio que dá muita raiva.
    • 1
    • 101
    • 102
    • 103
    • 104
    • 105

    MENSAGENS RECENTES

    Tite ser eliminado pra fraca Bélgica foi […]

    https://twitter.com/sport/status/13515701116148695[…]

    https://s2.glbimg.com/M5v6ArXW9PMpWtaudYC2fAep-[…]



    O melhor conteúdo: seguro, estável e de fácil manutenção, desde 2012